bg-country-switch

Cuidar do cuidador

COMO CUIDAR-SE

Sinais de que se está a esquecer de cuidar de si:

Como cuidador, é possível que se exija cada vez mais a si mesmo, podendo chegar a negligenciar os seus próprios cuidados, o que é prejudicial tanto para si como para a pessoa de quem cuida. Felizmente, o seu organismo dispõe de determinados mecanismos, sinais que não deve ignorar e que o alertam de que chegou o momento de cuidar melhor de si:

  • Sinais físicos

Cansaço, sono, falta de energia, fadiga, palpitações, perda de apetite, etc.

  • Sinais psíquicos e emocionais

Mudanças de humor, problemas de memória, falta de concentração, etc.

  • Sinais sociais

Isolamento e menor interesse por atividades e por outras pessoas, etc.

Conselhos para cuidar da própria saúde:

Não esqueça que para poder cuidar de um familiar deve começar por cuidar de si mesmo. Em determinadas circunstâncias, é impossível saber até quando deveremos desempenhar o papel de cuidadores.

Não deixe de lado as atividades que lhe permitem recuperar do cansaço e das tensões do dia-a-dia. Embora o cuidado de uma pessoa exija toda a nossa atenção e tenhamos tendência a descuidar a própria saúde, relegando o nosso bem-estar para segundo plano, estas recomendações podem ajudá-lo a manter uma vida saudável:

  • Dormir as horas necessárias.
  • Fazer exercício com regularidade.
  • Evitar o isolamento.
  • Sair de casa.
  • Manter passatempos e interesses.
  • Descansar.
  • Organizar o tempo.

Exercícios de relaxamento:

Exercícios de relaxamento:

Estes exercícios de relaxamento muito simples irão ajudá-lo não só a manter a calma nas situações difíceis do dia-a-dia, mas também a sentir-se melhor em termos gerais.

  • Exercício 1: A Respiração

Consiste em controlar a respiração, descontrair os músculos e, durante uns minutos, concentrar-se no próprio corpo, especialmente a nível muscular.

  • Exercício 2: A palavra

Escolha uma palavra que lhe transmita paz. O objetivo é que descontrair enquanto respira e repete mentalmente a palavra. É possível que surjam pensamentos ou imagens que o distraiam, mas volte simplesmente a concentrar-se na palavra escolhida.

  • Exercício 3: O Mar

Mantendo sempre uma respiração tranquila, pense agora numa praia calma, na beira-mar e no movimento ondulante e sereno do mar. Pratique este exercício durante alguns minutos seguidos e a uma hora em que o possa fazer sem interrupções, ou no momento em que sinta que as preocupações começam a invadi-lo.